Palmeiras começa a tomar forma

Por Danilo Vital 

Na última quinta feira, o Palmeiras começou a ganhar o formato que pretende Vanderlei Luxemburgo. O torcedor, que aguardou ansiosamente a estréia da equipe, pode esperar um time competitivo como há muito não se via, até porque é o Luxemburgo no comando.

Muito foi dito sobre a parceria do Palmeiras com a Traffic, que investiria R$40 milhões em reforços para o clube e somente nos últimos dias começaram a chegar mais jogadores ao Palestra. Quem esperava uma chuva de apresentações, se decepcionou.

Vejo muito do técnico palmeirense nessa atitude. Vanderlei é inteligente e trata o futebol como uma empresa. Os reforços que chegaram foram escolhidos por ele, num plano que considera para o clube. Como diz o ditado, “Luxa não dá ponto sem nó”. 

Os jogadores que o Palmeiras contratou chegam para vestir a camisa e jogar. Com a excessão de Diego Souza e Preá, que precisam de uma pequena recuperação, jogadores como Elder Granja (que foi muito bem contra o Sertãozinho) e Alex Mineiro (que já marcou dois na estréia) reforçaram a equipe no melhor sentido da palavra.

No mais, é cedo para dizer algo sobre a postura tática da equipe. Contra o Sertãozinho pode-se observar um time com passe de bola, sem afobação, que utiliza muito mais os variados setores no campo.

Eu ainda apostaria, para o futuro, em uma manobra tática constante no Verdão, deslocando o Valdívia entre o ataque, mais próximo de Alex Mineiro, e a meia , ao lado de Diego Souza, por exemplo. Vanderlei já mostrou que sabe do poder ofensivo do chileno e deverá desenvolvê-lo ainda mais para infernizar a zaga adversária.


About this entry