Show nos estádios nordestinos

Por Danilo Vital

No último dia 14, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro da Série C, 58.695 pessoas lotaram o Estádio Fonte Nova para assistir a partida entre Bahia e Crac. Esse é o mais claro exemplo da paixão da torcida nordestina pelo futebol, torcida essa que dá show nas arquibancadas a cada semana.

Apenas duas partidas tiveram um público maior neste Brasileirão, entre todas as divisões, do que o jogo citado: o clássico Flamengo x Fluminense (61.042) e Flamengo x São Paulo (59.098). A apaixonada torcida baiana não é a única que lota os estádios da região nordeste, mas merece destaque, pois leva regularmente a seu estádio 29 mil pessoas, quase a média do Flamengo (30 mil), clube com mais público da Série A. Bom demais para uma equipe da Série C.

Na Série B, segundo o site da CBF, dos 10 jogos com maior público, 9 foram realizados no nordeste. O jogo com mais público, por exemplo, foi o clássico Ceará x Fortaleza, com 37.893 pessoas. Entre as cinco maiores médias de público, 4 são de equipes nordestinas, sendo que a maior média é do Santa Cruz, que ocupa a 14° colocação na tabela.

Na Série A o fenômeno não ocorre de maneira tão forte. Clubes como América/RN e Náutico não possuem grandes médias de público. Vale lembrar que ambos passaram o campeonato todo ameaçados, na zona de rebaixamento, e que, com a reação do timbú, sua torcida começa a aumentar gradativamente. Porém há ainda o Sport, clube que tem a segunda maior média da principal divisão do Brasileirão. São cerca de 25 mil torcedores por jogo. Se juntarmos todo o público que passou pela Ilha do Retiro em todas as rodadas, os números chegarão a 400 mil pessoas!

O público no nordeste está dando show! Só o que falta é as equipes nordestinas darem show dentro de campo também. Quem sabe alguma delas não consiga repetir a façanha do Bahia em 1988, sendo campeão brasileiro em cima do Internacional de Porto Alegre.


About this entry